quinta-feira, 29 de novembro de 2007

2 histórias e uma citação

Alguém já te disse que você fica mais bonita ainda rindo? Adoro essa sua gargalhada histérica. Realmente é linda. Não sei o que os vizinhos acham.. Principalmente às 4 da manhã, né? Não é uma política da boa vizinhança muito correta. Mas agora, sério. Pára um pouquinho. Precisamos conversar. Sim, de preferência sem tantos risos. Tá, eu espero você se recompor. Acabou? Ok, eu aguardo. Quando tiver pronta, me avisa. Isso, que bom. Então, pedi pra você ficar séria porque o assunto que venho a tratar é delicado. Ei, pára de chorar por favor! Eu só continuo quando você parar, eu aguardo. Nossa, seus olhos ficam lindos quando está chorando...


Ser ou não ser um pacote. Não é fácil, sabe? Sou um pacote incompreendido. Faço as pessoas rirem, gozarem e se apaixonarem. Mas queria fazer apenas as duas primeiras. Pensando bem, dependendo da pessoa, queria só as fazer rir. É claro quem nem todas riem, nem todas gozam e obviamente menos ainda se apaixonam. Mas para evitar problemas, acho que tinha que ter mais informações nutricionais no meu pacote. O uso dessa substância é prejudicial a saúde. Uma vez , uma menina me disse que eu era apaixonável, fui dizer isso para uma outra e quase apanhei. Não é fácil ser um pacote nos dias de hoje. Temos conteúdo que algumas vezes pediriam um pacote mais transparente em outras situações, bem opaco! Uma pessoa me disse uma vez que achava que todos deviam ter um mini curriculum de relacionamento preso em uma etiqueta no corpo. Achei fantástico. Poderíamos descobrir muita coisa. Imagina pra menina descobrir que o jovem de 25 anos que ela está tendo um lance, nunca namorou.... Ela poderia o deixar na primeira noite. Pensando bem, esquece as etiquetas. O meu pacote já me entrega demais!


"I don't use drugs, my dreams are frightening enough." ~M.C.Escher

Um comentário:

Marina Lins disse...

Luiz, poesia é a fina arte de transformar concreto em escultura.
meus parabéns pelo seu talento....
Ignem Dossum, meu amigo