quinta-feira, 17 de julho de 2008

A simplicidade me surpreende


Keep it simple- Steven Jobs



Não precisa me agradar com uma cachoeira de presentes caros. Me dê um sorriso.

Não quero discursos pomposos, aceito objetividade carinhosa. Tire adjetivações mirabolantes com seus pedestais cristalizados e gélidos. Me dê emoções, sentimentos verdadeiros, palavras encantadas.
Se quiser, me mostre fórmulas e gráficos mas eu quero mesmo é resultado claro e cristalino que todo mundo olha e vê. Não precisa decorar com ouro para que me agrade. Coloque a mais pura simplicidade cheia de verdade e vai ver como irá me agradar...

Esqueça contratos, me dê garantias. Não me entregue o óbvio, o cotidiano, o clichê. Surpreenda-me, comece por cima, mostre você. Não me dê sono, me dê conforto. Nada de rotina, quebre as ordens de tudo. Não me fale o que já sei. Se quiser me convencer, alterne entre palavras e atos. Me dê o que quero, mas não se detenha a isso.

Me dê mais do que quero, me dê o que não espero. Me dê prazer. Mas sem florear demais. Seja direto. Me dê com simplicidade, um motivo para que meus sonhos fluam nas suas aventuras mais complexas.

2 comentários:

Luiza Callafange disse...

A simplicidade, as pequenas coisas, os pequenos atos, as mais singelas lembranças...São sim, as melhores, os momentos de mais prazer de viver!

Deise disse...

É tudo que sonho de alguém, e também tudo que tento ser para os outros!
Bem vindo de volta, querido!
Senti sua falta.
Grande beijo.