quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Por que insistem no ponto final, se eu só quero reticências?

Coagido é com g! Encurralado é substantivo, não uma forma de viver.
Apreensivo tem duas vezes a letra e. A primeira de estrago e a segunda de estorvo.
Fim do túnel não é junto. Tem espaço entre ele. Muito espaço. Mas “a luz se aproxima” está correto. Só que aproxima é com X.


...


Sempre falei que amo os três pontinhos. Eles me fazer ter uma vida sem tantas escolhas. O ponto manda a gente tomar decisões. A vírgula serve pra enrolarmos aquela oração. O ponto e vírgula é dos indecisos;ou dos que acham bonito escrever assim. Escrevi há pouco tempo um texto sem pontuação, mas se eu fosse um poeta isso seria arte. Já que não sou( apenas aprendiz) me deciso em botar ponto final e correr para outro parágrafo.


...


Reza a lenda que para aprender bem a gramática, devemos saber a cultura. Não sei se é boato ou promoção marketeira da forma “leve 2, pague 1” Mas eu concordo. E da mesma forma que todos os povos tem suas línguas, seus dialetos e aproximação cultural; também cada ser tem sua língua. Sua compreensão, seus ingredientes de diversas culturas, suas excentridades, suas manias.

E você? Sabe qual é a sua cultura?
Sabe pra que está aqui? O que procura?
Qual sua cultura individual que te transforma em ser único? Se não sabe, relaxa... Respira fundo e decida. Ou procura ou viva tranqüilo e sem problemas.
As maiores perguntas só aparecem quando desistimos de ficar com as perguntas elementares...

2 comentários:

Paty Augusto disse...

O ponto final fica distante... Sempre há uma outra alternativa enquanto há vida, sonho, amor, paixão...
Por isso minha vida é feita de reticências, pois as decisões de hoje, podem ser revogadas amanhã, sem culpas, sem remorsos...
Tudo porque o ponto final está ainda muito distante...
Think about it...

Daniel Dias disse...

eu me abstino das pontuações ! xD